Postagens mais visitadas

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Como deve ser a troca de curtidas




Esse artigo é direcionado a todos que divulgam páginas em grupos de curtidas.

A cada dia cresce mais o número de paginas no FACEBOOK.
E quando criamos a páginas, corremos atrás de curtidas, convidando amigos, divulgando em grupos, compartilhando posts, e trocando curtidas com donos de outras páginas.
Mas um detalhe interessante sobre trocas de curtidas não é muito conhecido e poderá ajudar a todos que possuem um site.
Lendo esse artigo, ensinaremos um macete simples e fácil que vai ajudar muito na divulgação de páginas para quem pretende conseguir muitos curtidores.


As regras desses grupos são simples e diretas:

CURTA MINHA PÁGINA QUE EU CURTIREI A SUA.

Está errado, pois assim você terá apenas uma curtida de cada dono de página.

O correto é:

Entre em contato com o dono da página anunciada, diga a ele que curtiu a página dele, e peça aos seus amigos para curtirem a página dele. E ele também deverá fazer isso, convidando os amigos dele para curtir a sua.

Dessa forma, você não terá apenas uma curtida desse proprietario da página, você tera a chance de no mínimo 30% de curtidas em relação aos amigos dele.

Exemplo;

Hoje no meu perfil, tenho 350 amigos, ao curtir a página que foi divulgada, eu vou convidar todos os meus amigos para curtir ela também. A média é de que 105 amigos meus curtam essa página.


Se você gostou, curte e compartilhe para que possamos dar continuidade em nosso trabalho.


Texto publicado por ASG Divulgações.





terça-feira, 26 de abril de 2016

Como fazer contatos com as operadoras de forma rápida

Ligar para a Operadora de celular para reclamar virou outro problema. Além do problema que já existe, é preciso ter tempo e paciência. Primeiro passamos por muitas etapas respondendo gravaçoes e quando finalmente a ligação é transferida para o responsável, ficamos mais tempo escutando aquela musiquinha horrível que nunca termina, levando nosso tempo e paciência. Já aconteceu comigo de acabar a bateria e não ser atendida.
Descobri no site da Anatel, um canal que facilita um pouco e pula essas etapas.
No site da Anatel é preciso se registrar com logim e senha, depois seguir.
Antes de registrar a reclamação na Anatel, o proprio site sugere mandar uma mensagem por lá mesmo para sua operadora. Fiz isso e em menos de 24 horas recebi uma ligação da operadora, onde fui bem atendida, bem tratada e resolvido o problema. Pelo menos o problema de chegar ao atendente foi resolvido e de forma rápida, quem me ligou para resolver o meu problema, foram eles.
Vou tentar colocar o link abaixo para mandar as mensagens para a operadora de celular entrar em contato:
http://focus.anatel.gov.br/focus/FALECONOSCO/reclamacao-falar-operadora.asp

terça-feira, 19 de abril de 2016

Um aplicativo que não pode faltar em seu smartphone

Aplicativos de leitura.

Hoje em dia é muito comum guardar tudo em nosso smartphone, raramente andamos com livros, apostilas e revistas nas maos. Uma ferramenta que tornou nossa vida mais confortável é a possibilidade de ler livros e revistas pelo smarthopne, sem volumes, peso e mais conforto.
Pesquisando na web e nas lojas de apps, fiz alguns testes e recomendo:


Para salvar artigos da web para ler mais tarde, sem conexão: Pocket, Instapaper
Para ler ebooks: Kindle, Kobo, que aceitam arquivos em geral para visualização, e não só os livros que eles próprios vendem -- muita gente não sabe disso. 
Há ainda diversos leitores de PDF (para iOS, Android e Windows Phone), é só buscar na sua loja de apps por “PDF reader”.
Para ler notícias de seus sites e blogs favoritos, minhas escolhas são o Feedly e o Flipboard.   

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Compras pela internet

Sem duvida, a comodidade é umas das principais vantagens. Fazer compras sem precisar sair de casa poupa e tempo e dinheiro. Esse tempo pode ser aproveitado para estar com sua família, sem estresse de transito, vendedores e crianças importunando. Além disso, você economiza dinheiro com gasolina/transporte e estacionamento.


quarta-feira, 15 de abril de 2015

Sistema de Bandeiras Tarifárias

As bandeiras tarifárias são uma forma diferente de apresentar um custo que hoje já está na conta de energia, mas geralmente não é percebido pelo consumidor. Anteriormente, os custos com compra de energia pelas distribuidoras eram incluídos no cálculo das tarifas dessas distribuidoras e repassados aos consumidores até um ano depois de sua ocorrência, quando a tarifa é reajustada.

Agora, na última semana de cada mês, a Aneel define a cor da bandeira que será aplicada no mês seguinte, sendo divulgada na conta de luz pelas distribuidoras de energia. O valor é o mesmo para todos os consumidores que fazem parte do Sistema Interligado Nacional (SIN), independente da região do País. Essa sinalização dá ao consumidor a oportunidade de adaptar seu consumo, ajudando a evitar um repasse maior posteriormente.
O sistema de bandeiras tarifárias funciona, portanto, como um “semáforo” que indica a diferença de custo de geração de energia para os consumidores. 

Assim, a cada kWh consumido, a tarifa de energia poderá ter acréscimo de acordo com a bandeira indicada, conforme indicado na tabela a abaixo.



Com a aplicação das bandeiras tarifárias, o consumidor tem a oportunidade de gerenciar melhor o seu consumo de energia elétrica e reduzir o valor da conta de luz.

Utilizar a energia elétrica de forma consciente e racional é muito importante para o consumidor de energia elétrica e para a sociedade. Além de economizar na conta de luz, o uso eficiente de energia elétrica ajuda a evitar o aumento dos custos com o funcionamento das usinas térmicas.


Consumo zero ou consumo inferior ao mínimo da classe

Nos casos de consumo 0 (zero) ou consumo inferior ao mínimo da classe (30 kWh – monofásico / 50 kWh – bifásico / 100 kWh – trifásico) é cobrado o custo de disponibilidade do sistema elétrico conforme artigo nº 98 da resolução Normativa ANEEL nº 414.

Ou seja, mesmo quando há consumo zero no local, o cliente será tarifado no Sistema de Bandeiras Tarifárias, de acordo com o consumo mínimo (custo de disponibilidade). Assim, a unidade consumidora que consumir dentro desses valores, vai ser tarifada proporcionalmente ao que gastar.
*Fonte - CEMIG


domingo, 15 de junho de 2014

Capitalismo

Muito irônica e engraçada a forma de Jô Soares relatar o capitalismo em vários países.
O fundo da verdade se mistura a gargalhadas, muito bom, vale a pena registrar aqui para quem não viu ainda:

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Volta

Agora é mais que compromisso, é determinação, é dizer não as coisas inuteis e ter mais tempo de aprofundar em coisas importantes e com conteudo.
Estou voltando a blogar, parei de compartilhar e curtir facebook, parei de perder meu tempo para um numero pequeno de conhecidos.
Quero algo bem mais profundo e determinante.
Quero expor minhas conclusoes e mostrar meus comentarios para um publico aberto, nao fechado em uma rede social. Quero liberdade de leitores, quero comentarios, debates, enfim quero mais, quero superar meus limites.

Como deve ser a troca de curtidas

Esse artigo é direcionado a todos que divulgam páginas em grupos de curtidas. A cada dia cresce mais o número de paginas no FACEBOO...